Mulheres Artesãs da Coopercocal criam Associação

A associação participará de feiras e exposições com o objetivo de difundir e fortalecer o artesanato sustentável na região

Com o propósito de fortalecer o artesanato sustentável e devido ao sucesso obtido no projeto Mulheres Artesãs criado pela Coopercocal em 2017, as participantes resolveram se unir e criar a Associação dos Artesãos de Cocal do Cocal (Cocal Arte).

Fundada em abril deste ano a associação tem por finalidade auxiliar o artesão, integrar seus associados no convívio social e estimular a geração de sua própria renda. Mantendo o apoio da Coopercocal passou a condicionar as duas oficinas de artesanato: o Grupo Mulheres Artesãs, onde técnicas manuais de produção são ensinadas para o uso utilitário e o Bercinho de Anjo, que se trata de uma oficina onde são produzidos kits berço para bebês que serão doados posteriormente. Além das oficinas, a associação participará de feiras e exposições artesanais pela região com o objetivo de mostrar o quão valioso é o trabalho desenvolvido artesanalmente, não apenas pelo retorno financeiro através da comercialização, mas também pelo valor emocional despertado em quem produziu.

“Manter a cultura de uma cidade é muito importante pois permite que valores não sejam perdidos. O projeto Mulheres Artesãs foi a chave de acesso para a criação desta associação, pois envolveu a comunidade na produção do artesanato sustentável valorizando e contribuindo com o desenvolvimento social da nossa cidade”, afirma o presidente da Coopercocal, Altair Lorival de Melo, que juntamente com sua esposa Rita de Cássia Mendes Melo são incentivadores do projeto.

A associação conta com 30 participantes que se encontram na sede da cooperativa nas terças e quintas-feiras. Nesta semana estão finalizando a produção de peças para a primeira grande exposição a ser realizada na XVIII Festa do Vinho.

“Criamos uma variedade de peças exclusivas para expor, será nossa primeira grande exposição e estamos ansiosas. Aguardem que terá muita coisa bonita para as pessoas verem e levar para casa”, garante a artesã Elis Regina Dias Sangaletti.