Dicas de Economia e Segurança

Ligações clandestinas

Ligações clandestinas, ou “gatos” nas redes elétricas não é uma prática segura. Essas ligações podem sobrecarregar o sistema, provocar acidentes graves (com risco de choques elétricos e incêndio), e ainda, é ilegal.

Instalar protetores plásticos

Instalar protetores plásticos nas tomadas é uma boa dica para quem possui crianças em casa, ou recebe a visita de crianças com frequência. Crianças, em geral, são curiosas, e a curiosidade pode levá-la a enfiar objetos, ou até mesmo, os dedos nas tomadas.

Troca de lâmpadas

Na troca de lâmpadas, cuidado para não tocar na parte metálica, pois há risco de choques elétricos.

Desligar aparelhos

A maneira correta de desligar aparelhos é usar a tecla ou botão de liga/desliga (on/off). Se a intenção for retirá-los da tomada puxe pelo plugue. Puxar pelo fio pode ocasionar dano no cabo, e este pode ser um canal para futuros choques elétricos.

Não sobrecarregar o sistema

Ligar vários aparelhos em uma única tomada pode sobrecarregar o sistema, e causar incêndios. O ideal é que cada aparelho possua uma tomada.

Manuseio de aparelhos elétricos

Manusear aparelhos elétricos com os pés ou mãos molhadas pode ser um risco à sua integridade física. Melhor não arriscar.

Cuidado com fios arrebentados

Na cidade ou no campo, fios arrebentados, ou caídos, representam, sempre, um perigo. Não toque, ou chegue próximo deles, nem de cercas metálicas, postes de ferro, ou varais de roupa que estejam em contato com os fios. A recomendação vale também para pessoas em contato com estes fios. Em casos como estes ligue para a Coopercocal no 0800 48 7019.

Acidentes com postes

Acidentes envolvendo colisões de veículos com postes são comuns. No caso de acidente não saia do carro se o fio da rede elétrica estiver sobre ele. Se tiver que abandonar o veículo antes da ajuda chegar, pule com os dois pés juntos o mais longe possível do carro.

Boa procedência de equipamentos

Nas instalações elétricas dê preferência por produtos e equipamentos de boa procedência.

Desligar a chave geral

Ao executar qualquer trabalho na instalação elétrica desligue sempre a chave geral, ou disjuntor, e assegure-se de que ela não será ligada durante a realização do trabalho. Um boa dica pode ser um bilhete afixado junto ao disjuntor ou chave geral.

Falta de luz

Alerta: Mesmo que falte luz nas residências, isso não é um indicativo de que os cabos estejam desenergizados.

Para evitar o desperdício, utilize sempre a energia de forma consciente.

COMO ECONOMIZAR ENERGIA?

Existem três maneiras eficientes de economizar energia elétrica.

1. Hábitos Inteligentes: uso consciente da energia.

2. Equipamentos Eficientes: com certificação do Procel, que já passaram pelos testes e comprovadamente consomem menos energia.

3. Projetos Inteligentes: antes de construir ou reformar, procure um técnico especializado, pois o mesmo poderá lhe oferecer soluções para evitar o desperdício de energia.

COMO CALCULAR O CONSUMO DE UM EQUIPAMENTO?

EXEMPLO:

Você tem uma torneira elétrica de 5000 W de potência que é utilizada 10 minutos por dia. Qual é o consumo dela em um mês?

OU SEJA, A TORNEIRA ELÉTRICA GASTARÁ 25 kWh POR MÊS.

Observe que é preciso transformar os minutos em horas. Para transformar minutos em horas basta dividir a quantidade de minutos por 60.

ELETRODOMÉSTICOS

CHUVEIRO ELÉTRICO

É o maior vilão do consumo de energia na sua residência: representa 30% do valor da fatura. A potência de um chuveiro pode variar entre 3500 a 6000W, dependendo do modelo e do fabricante. Se você possui um chuveiro com potência de 5500W e seu banho dura em média 12 minutos, você consumirá aproximadamente 33kWh/mês.

DICAS

- Tome banhos rápidos. - Sempre que possível, utilize o chuveiro com a chave de temperatura na posição “verão”. Seu consumo pode diminuir aproximadamente 45% em relação à posição “inverno”. - Se possível, desligue o chuveiro para ensaboar o corpo e os cabelos.

GELADEIRA

A geladeira contribui com 30% do valor da sua conta de luz. Seu consumo médio mensal varia em função do modelo. As geladeiras mais recentes economizam mais energia do que as antigas. Na hora da compra, procure aquela que possui o selo Procel.

DICAS

- Abra a porta da geladeira o mínimo de vezes possível. - Não forre as prateleiras. Isso evita a circulação do ar refrigerado. - Descongele-a semanalmente. - Instale a geladeira em locais ventilados, longe de fogões e aquecedores. - Verifique se a borracha de vedação está em boas condições. Geladeira com vedações danificadas tem tendência a aumentar seu consumo em quase 70%.

Obs.: Para testar a vedação da borracha, proceda da seguinte maneira: abra a porta da geladeira e coloque uma folha de papel entre a porta e o interior da geladeira. Feche a porta, fazendo com que a folha fique presa. Tente retirar a folha, se ela sair com facilidade a borracha não está garantindo a vedação necessária.

FREEZER

Apresenta em geral as mesmas características que a geladeira. A tabela abaixo apresenta o consumo mensal de equipamentos com o selo Procel. Se seu freezer for do modelo mais antigo, multiplique o valor do consumo por dois.

DICA: Você pode aplicar ao Freezer as mesmas dicas citadas no item Geladeira

TELEVISOR

Sua potência pode variar entre 50 e 100W dependendo do tamanho. Se você o utilizar durante seis horas por dia, seu consumo mensal ficará em torno de 9 a 18kWh.

DICA: Desligue a TV da tomada quando não estiver assistindo. Em stand-by o seu consumo é de 4,30kWh/mês.

AQUECEDOR ELÉTRICO CENTRAL (BOILER)

Sua potência varia conforme a capacidade de armazenamento de água.

DICA: Como esses equipamentos mantêm a água quente durante o dia inteiro, o ideal seria substituí-los por modelos a gás.

TORNEIRA ELÉTRICA

Assim como o chuveiro, a torneira elétrica está entre os aparelhos que mais consomem energia. Sua potência varia de 4500 a 5500W. Se utilizarmos 10 minutos por dia, ao final do mês teremos um consumo entre 21,6 e 24kWh.

DICA: Prefira esquentar a água no fogão ao invés de utilizar este equipamento, o consumo de energia diminuirá.

SECADORA DE ROUPAS

Consumo por hora de uso: 2,5 a 5kWh. Dica: Sempre que possível, deixe as roupas secarem ao ar livre.

FORNO DE MICROONDAS

Consumo por 1 hora de uso: 1,00 a 1,50kWh.

DICA: Quando não estiver utilizando o microondas, retire-o da tomada. Seu consumo em stand-by pode chegar a 13kWh por mês.

FORNO ELÉTRICO

Dica: Sempre que puder, utilize o forno do fogão a gás. Você obterá maior economia.

FERRO ELÉTRICO

O ferro elétrico é outro aparelho que possui um grande consumo de energia. Sua potência varia de 1000 a 1500W e se for utilizado 1 hora por dia, seu consumo mensal ficará entre 30 e 45kWh.

DICAS

- Procure acumular várias roupas para passá-las todas de uma só vez. - Regule a temperatura do ferro em função do tecido a ser passado, pois isso ajudará na economia de energia.

APARELHO DE SOM

Possui potência compreendida entre 125 e 270W. Se você utilizá-lo durante quatro horas diárias, seu consumo mensal estará compreendido entre 15 a 32kWh.

DICA: Tire o aparelho de som da tomada quando não for utilizá-lo. Em stand-by ele consome até 3,6kWh/mês.

ILUMINAÇÃO

A iluminação representa em torno de 15% do valor da sua fatura de energia. Há pouco tempo atrás, costumava-se utilizar as lâmpadas incandescentes comuns, que duravam pouco tempo e possuíam um consumo de energia maior. Atualmente, com o surgimento das lâmpadas fluorescentes compactas, as lâmpadas incandescentes estão sendo substituídas pouco a pouco. Veja só uma tabela comparando os dois tipos de lâmpadas:

Dicas:

- Como você pode perceber, as lâmpadas fluorescentes são muito mais econômicas do que as incandescentes, além de terem uma durabilidade maior. Por isso, dê preferência a esse tipo de lâmpada.

- Evite acender as lâmpadas durante o dia, acostumando-se a usar mais a iluminação natural. Abra janelas, cortinas, persianas e deixe a luz do dia iluminar a sua casa.

- Apague sempre as lâmpadas dos ambientes desocupados.

SAIBA O QUE GASTA MAIS EM CASA

Em primeiro lugar fica o chuveiro. Ele representa 49% do valor da fatura. O Ar Condicionado está logo atrás, contribuindo com 25% do valor, seguido pela geladeira com 9%, Micro Computador 5%, Lâmpadas Fluorescentes com 4,5%, Lavadora de Roupa 3,5%, Televisor 3% e Ferro Elétrico, o qual representa o consumo de 1%. Confira a tabela abaixo:

LEMBRE-SE:

- Dimensione sempre os condutores de acordo com a potência total instalada. - Pinte sempre as paredes internas da casa com cores claras. - Não utilize lâmpadas com potências maiores do que o necessário. - Utilize sempre reatores eletrônicos com alto fator de potência. - Evite o uso de benjamins: use uma tomada para cada equipamento. - Não deixe equipamentos em stand-by. - Evite o uso desnecessário do ar-condicionado. - Utilize a máquina de lavar roupas com a capacidade máxima. - Ao mexer nas instalações elétricas, desligue sempre o disjuntor. - Evite utilizar chuveiro, ferro elétrico, torneira elétrica, durante o horário das 18h às 20h.

FUGA DE ENERGIA

A fuga de energia elétrica é como um vazamento, onde parte da energia é simplesmente desperdiçada.

Pode ser causada por eletrodomésticos defeituosos, emendas mal feitas, fios desencapados ou com isolamento desgastado pelo tempo. Se não for controlada, a fuga de energia pode se tornar um grande problema pois ela contribuirá para o aumento da sua conta de energia. A fuga de 0,1 ampere, por exemplo, aumentará o consumo registrado na sua fatura em mais 15,8 kWh.

Para descobrir se existe fuga de energia em sua casa, proceda da seguinte forma: retire todos os aparelhos das tomadas e verifique o medidor de energia. Se durante 15 minutos o disco continuar girando é porque há fuga de energia em sua residência. Chame um técnico especializado para resolver o problema. Ele verificará toda a instalação da casa. É importante também ficar atento a eletrodomésticos que dão choque. Com certeza há fuga de energia neles.

COMO FAZER A ESTIMATIVA DO SEU CONSUMO DE ENERGIA?

Vamos lhe ensinar através de uma maneira bem fácil, é só seguir os procedimentos abaixo.

1) Liste todos os equipamentos de sua casa com suas devidas potências;

2) Calcule o uso de horas mensais de cada equipamento;

3) Multiplique a potência de cada equipamento pelo número de horas por ele trabalhadas e divida por 1.000 (mil).

4) Some todos os resultados encontrados, você chegará ao seu consumo estimado mensal.

Por exemplo, se sua casa possui os seguintes equipamentos:

A estimativa de gasto mensal é de 260 kWh. Se você quiser reduzir o seu consumo, basta diminuir o uso de horas mensais de cada equipamento.

COMO REALIZAR A LEITURA DO MEDIDOR DE ENERGIA?

Existem três modelos de medidores: o de ponteiros, o ciclométrico e o digital. Nos tipos ciclométrico e digital basta ler os valores indicados no mostrador. Observe a figura abaixo:

Ex: Medidor Ciclométrico

ACOMPANHE VOCÊ MESMO O SEU CONSUMO

Você mesmo pode fazer o controle do consumo de energia elétrica da sua casa. Assim, você evita surpresas desagradáveis no final do mês. O cálculo é bem simples, basta você anotar diariamente o número de kWh, indicado no visor do medidor de energia elétrica da sua casa, utilizando a tabela ao lado.

Por exemplo:

No dia 18/06/2006 o medidor de Carlos marcava 8750 kWh. No dia 19/06/2006 o medidor marcava 8755 kWh. O consumo do dia passado foi de 5 kWh, basta diminuir o consumo atual pelo consumo anterior. Se Carlos continuar nessa média diária de 5kWh, no final do mês ele terá consumido 150 kWh.

Viu como é simples!

TABELA DE CONSUMOS MÉDIOS MENSAIS

Cooperativa Energética Cocal
Av. Dr. Polydoro Santiago, nº 555 - Centro
Cocal do Sul - SC - CEP: 88845-000
Fone: (48) 3447-7000